Pressione Ctrl+D para adicionar Concursos Amapá aos Favoritos do seu navegador.

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Edital Processo Seletivo UEAP 13 Vagas para Professor Temporário

EDITAL Nº032/2013-PROGRAD/UEAP

 A Universidade do Estado do Amapá (UEAP), por meio do Reitor em exercício Fernando da Costa Ribeiro, no uso de suas atribuições legais e regimentais conferidas pelo Decreto Estadual nº 0360, de 30 de janeiro 2013, e pelo Estatuto da Universidade do Estado do Amapá, torna público o Processo Seletivo Simplificado (PSS) destinado à contratação por tempo determinado para atender à necessidade temporária de excepcional interesse público de Professores Temporários, de acordo com as condições estabelecidas no Art. 37, Inciso IX da Constituição Federal de 1988, Art. 9º parágrafo único da Lei Estadual nº 0996/2006, alterada pela Lei Estadual 1.110 de 21 de agosto de 2007 c/c o Art. 5º § 2º da Lei Estadual 1.724 de 21 de dezembro de 2012, Lei Estadual 1.743 de 29 de abril de 2013, por este Edital e por seus anexos.

Período de inscrições: 22 à 28/08/2013
Inscrições no prédio da UEAP


1.      DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES
1.1   O Processo Seletivo Simplificado (PSS) visa o provimento de 13 (treze) vagas para o cargo de Professor Temporário, conforme código de vaga descrito no Anexo I deste edital.
1.2   O PSS será regido por este Edital e seus anexos e será executado pela Universidade do Estado do Amapá (UEAP), por meio da Comissão Organizadora instituída pela Portaria Nº135/2013 – UEAP.
1.3   Antes de efetuar a inscrição, o (a) candidato (a) deverá certificar-se de que preenche todos os requisitos exigidos neste Edital, sendo de sua inteira responsabilidade qualquer prejuízo advindo da inobservância aos requisitos exigidos.
1.4   Os Contratos não terão vínculo empregatício com a UEAP e/ou com o Governo do Estado do Amapá, trata-se de contratação temporária, a fim de atender necessidades excepcionais para desenvolvimento das atividades da UEAP, podendo ser rescindido a qualquer momento:
1.4.1     pelo término do prazo contratual;
1.4.2     por iniciativa do contratado com prazo de 30 dias;
1.4.3     por iniciativa da contratante mediante descumprimento de cláusula contratual por parte do contratado; 
1.4.4     por iniciativa da contratante, quando da extinção da causa transitória justificadora da contratação.
1.5   A seleção de que trata este edital ocorrerá em duas etapas, conforme especificado no item 7. O processo avaliativo será realizado no Campus I da UEAP, situado na Avenida Presidente Getúlio Vargas, nº. 650, Centro, Macapá-AP, em concordância com o cronograma a ser publicado na página de acompanhamento do presente PSS, na internet (http://www.ueap.edu.br/concursos) e, posteriormente, no Diário Oficial do Estado do Amapá.
1.6   O Processo Seletivo Simplificado atenderá o seguinte cronograma de atividades:
Cronograma de atividades
Período
01
Período de inscrições
22 à 28/08
02
Publicação da confirmação das inscrições
28/08
03
Prazo para recurso das inscrições indeferidas
29/08
04
Resultado do recurso das inscrições
29/08 
05
Convocação do Sorteio para a prova didática
29/08
06
Sorteio dos temas: 09 horas
30/08
07
Prova didática: 9h
31/08 e 01/09
08
Resultado provisório da prova didática 
02/09
09
Prazo de Recurso Prova Didática
03/09
10
Resultado do recurso da Prova Didática
03/09 
11
Convocação para a prova de títulos
03/09
12
Entrega da documentação (bancas avaliadoras de títulos) – 9horas*
04/09
13
Resultado provisório da prova de títulos
04/09
14
Prazo de Recurso (Prova de Títulos)
05/09
15
Resultado do Recurso da Prova de Títulos
05/09 
16
Resultado Provisório do PSS
05/09
17
Homologação do Resultado Final
06/09
* O candidato tem que estar impreterivelmente na hora marcada.


2.      DAS INSCRIÇÕES
2.1   O período de inscrições é de 22 a 28 de agosto de 2013.
2.2   A inscrição está condicionada ao pagamento de taxa de inscrição no valor de R$ 70 reais (setenta reais).
2.3   As inscrições serão realizadas na Divisão de Processo Seletivo (DIPS), localizada na Avenida Presidente Vargas, nº. 650, Centro, Macapá-AP, de segunda à sexta-feira (dias úteis), no horário de 8h30 a 11h30 e de 14h30 às 17h.
2.4   Somente poderão inscrever-se candidatos Graduados e Pós-Graduados
(Especialistas, Mestres e Doutores).
2.5   As inscrições de portadores de título de Graduado, Especialista, Mestre ou Doutor obtido no exterior somente serão aceitas mediante a apresentação de comprovante de revalidação em programa equivalente, mantido por Instituição de Ensino Superior (IES) brasileira, reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), acompanhado de tradução oficial.
2.6   As inscrições deverão ser realizadas diretamente pelos candidatos ou por procuração reconhecida em cartório, acompanhada de cópia legível do documento de identidade do candidato, de acordo com o item 4.
2.7   É vedada a inscrição condicional e extemporânea, via postal, via fax ou via correio eletrônico, sendo considerada inscrição extemporânea a que tem o pagamento efetuado após as datas estabelecidas neste edital.
2.8   O (a) candidato (a) não poderá inscrever-se em mais de 01 (uma) vaga disponível no anexo I deste edital.  

3.      DOS REQUISITOS PARA INSCRIÇÃO
3.1   Antes de efetuar a inscrição, o (a) candidato (a) deverá conhecer o edital e certificarse de que preenche todos os requisitos exigidos, sendo de sua inteira responsabilidade qualquer prejuízo advindo da inobservância do edital.
3.2   Uma vez efetivada a inscrição não serão permitidos, em hipótese alguma, a devolução da taxa, alteração no que se refere à opção do código de vaga, transferência do valor pago para terceiros, assim como transferência da inscrição para outrem.
3.3   A inscrição far-se-á mediante Ficha de Inscrição (Anexo II), devidamente preenchida e acompanhada das originais e cópias dos documentos solicitados, a saber:
a.      Comprovante de pagamento da taxa de inscrição, que deverá ser recolhida no Banco do Brasil, Agência 3575-0, Conta Corrente nº. 6854-3, em nome da Universidade do Estado do Amapá, por meio de depósito diretamente no caixa bancário ou transferência on line;
b.     1 (Uma) fotografia 3x4 recente;
c.      Fotocópia da R.G;
d.     Fotocópia do Cadastro de Pessoa Física – CPF;
e.      Comprovante de residência do mês corrente;
3.3.1     O (A) candidato(a) inscrito(a) por meio dos Correios deverá enviar toda documentação autenticada em cartório.
3.3.2     Somente será aceita inscrição pelo Correio via SEDEX desde que a entrada da documentação endereçada à Universidade do Estado do Amapá, Comissão do Processo Seletivo Simplificado, localizada na Av. Presidente Vargas, Nº. 650 CEP: 68.900-070 - Macapá – AP dê-se no Protocolo Geral da UEAP, impreterivelmente até o último dia da inscrição, não sendo de responsabilidade da Universidade qualquer tipo de extravio que impeça a chegada da documentação ao seu destino.
3.3.3     Na hipótese do (a) candidato (a) com o título de Graduado, Especialista, Mestre ou Doutor ainda não possuir Certificado ou Diploma da respectiva titulação exigida para a vaga a qual concorrer deverá apresentar fotocópia acompanhada da original da Ata de Defesa e/ou da Ata de Homologação assinada pelo Coordenador do Programa de Pós-Graduação da Instituição de Origem.
3.3.4     É vedada a inscrição condicional ou posterior inclusão de documentos.
3.4   Do total de vagas destinadas para cada código, será disponibilizado o porcentual de 5% às pessoas com necessidades específicas, na forma do Decreto nº. 3.298, de 20 de dezembro de 1999, publicado no Diário Oficial da União de 21 de dezembro de 1999.
3.4.1     Não haverá restituição da taxa de inscrição na hipótese de indeferimento da inscrição ou quando, por qualquer circunstância, o (a) candidato (a) deixar de prestar o referido Processo Seletivo Temporário.

4.      DA INSCRIÇÃO POR PROCURAÇÃO
4.1   A inscrição poderá ser feita por meio de procuração pública acompanhada de cópias dos documentos de identidade do candidato e do procurador.
4.1.1     A procuração e as fotocópias dos documentos deverão ser anexadas à Ficha de Inscrição (Anexo II).
4.2   O candidato inscrito por procuração assume total responsabilidade pelas informações prestadas por seu procurador, arcando com as conseqüências de eventuais erros de seu representante no preenchimento da ficha de inscrição (Anexo II) e/ou na sua entrega. 
4.3   O comprovante de inscrição será devolvido ao procurador depois de efetuada a inscrição.

5.      DA INSCRIÇÃO DE SERVIDOR PÚBLICO ESTADUAL
5.1   Os servidores públicos do Estado do Amapá poderão participar do Processo Seletivo, nos termos do artigo 37, inciso XVI, alíneas a e b da Constituição Federal e 9º da Lei nº. 996 de 31/05/2006, desde que preencham os requisitos deste edital.
5.2   A contratação de servidor público somente se efetivará se houver compatibilidade de acumulação, na forma constitucional e de acordo com as orientações emanadas do órgão de origem.
5.2.1     É vedada a contratação de servidor público com Cargo Comissionado.

6.      DA CONFIRMAÇÃO DAS INSCRIÇÕES 
6.1   A documentação apresentada pelos candidatos será avaliada pela Comissão Organizadora do Processo Seletivo Simplificado, que expedirá relação com as inscrições confirmadas, de acordo com o estabelecido no item 1.6 (cronograma de atividades).  

7.      DO PROCESSO AVALIATIVO 
7.1   O Processo Seletivo Simplificado constará de duas etapas, assim distribuídas:
7.1.1     Avaliação de Títulos, de caráter classificatório e eliminatório;
A entrega dos Títulos será de acordo com o estabelecido no item 1.6 (cronograma de atividades), sendo necessário que os (as) candidatos (as) estejam, impreterivelmente, às 9h, na Divisão de Processo Seletivo (DIPS), localizada na Avenida Presidente Vargas, nº. 650, Centro, Macapá-AP.
7.1.1.1 O (A) candidato(a) que não estiver presente, na hora referida no item 7.1.1. estará automaticamente eliminado (a) do PSS.
7.1.1.2 O(A) candidato(a) que não contabilizar a nota mínima exigida para aprovação na Prova Didática, automaticamente não será avaliado(a) na Avaliação da Prova de Títulos, assim como nos casos dos candidatos ausentes.
7.1.2     Prova Didática (aula), de caráter classificatório e eliminatório.
7.1.2.1 O sorteio do tema da Prova Didática será de acordo com o estabelecido no item 1.6 (cronograma de atividades), sendo necessário que os (as) candidatos (as) cheguem, impreterivelmente, às 9h, no Campus I da UEAP, situado na Avenida Presidente Getúlio Vargas, nº. 650, Centro, Macapá - AP. O (A) candidato (a) que não estiver presente no início do sorteio, na hora referida no item 7.1.2.1, estará automaticamente eliminado (a) do PSS.
7.1.2.2 A Prova Didática consistirá de aula proferida para o nível de graduação, no tempo mínimo de 30 (trinta) minutos e máximo de 40 (quarenta) minutos, a contar do início da apresentação (aula) do (a) candidato(a), sendo  eliminado(a) aquele(a) que não cumprir com o tempo mínimo e máximo. 
7.1.2.3 O (A) candidato (a) deverá apresentar Plano de Aula em 03 (três) vias que será entregue à Banca Examinadora, no início de sua aula, sendo que o (a) candidato (a) que, por qualquer motivo, não apresentar seu Plano de Aula não participará da Prova Didática e estará automaticamente eliminado(a).
7.1.2.4 A Prova Didática de língua estrangeira será proferida no idioma de habilitação da língua do Requisito Especifico constante do Anexo I, conforme designado no Código da Vaga para a qual o (a) candidato (a) se inscreveu.
7.1.2.5 A Prova Didática será gravada em áudio, para efeito de registro.
7.2   Não haverá, em hipótese alguma, segunda chamada da Prova Didática (aula) e o não cumprimento das normas previstas neste edital implicarão em eliminação do candidato.
7.3   A Avaliação do candidato será realizada mediante Ficha de Avaliação de Títulos (Anexo III) e Prova Didática - Aula (ANEXO IV). 
7.3.1     A avaliação dos Títulos será de acordo com o Anexo III, observando-se os seguintes subitens:
7.3.1.1 De acordo com o subitem 2.5;
7.3.1.2 Apresentar Currículo da Plataforma Lattes do CNPq em 03 (três) vias, sendo 01 (uma) constando as informações devidamente comprovadas mediante apresentação da documentação original para certificação;
7.3.1.3 Receberá nota zero o candidato (a) que não entregar os títulos no prazo e no local estipulados neste Edital, devidamente identificados pelo(a) candidato (a), conforme Anexo III.
7.3.1.4 A entrega da documentação/títulos será de acordo com o estabelecido no item 1.6 (cronograma de atividades), sendo que os candidatos deverão estar impreterivelmente às 9h, na Divisão de Processo Seletivo (DIPS), localizada na Avenida Presidente Vargas, nº. 650, Centro, Macapá-AP. Obrigatoriamente, os títulos deverão ser organizados pelo (a) candidato (a), na ordem da Ficha de Avaliação do Anexo III e devidamente identificados, conforme o mesmo anexo, bem como devem ser encadernados com espiral e ter sobrecapas em PVC flexível e transparente, no formato A4;
7.3.1.5 Todos os títulos devem conter indicações correspondentes ao Grupo (I, II, III ou IV) e seus subitens ao qual concorrem para pontuação, devendo ser organizados por Grupo de Atividade (Anexo III);
7.3.1.6 É de responsabilidade do (a) candidato (a) indicar na documentação comprobatória, de forma clara e precisa, o item da Ficha de Avaliação de Títulos para o qual o documento está sendo apresentado;
7.3.1.7 No julgamento de avaliação dos títulos só serão considerados aqueles vinculados aos requisitos de que é objeto o Processo Seletivo Simplificado, conforme Anexo I;
7.3.1.8 O Resultado Final da Prova de Título será de acordo com o Anexo II;
7.3.2     A Avaliação da Prova Didática (Aula) seguirá os itens expressos no Anexo IV.
7.3.2.1 Os recursos didáticos a serem utilizados na Prova Didática (aula) serão de inteira responsabilidade do candidato, responsabilizando-se pelo pleno funcionamento e instalação dos mesmos.
7.3.2.2 A nota da prova didática valerá de 0 a 10.
7.3.2.3 O resultado da prova didática será a média aritmética dos valores das notas atribuídas pelos avaliadores, dividido por dez (10), sendo eliminado (a) o(a) candidato(a) que obtiver nota final inferior a 6,0 (seis), conforme Anexo IV.
7.4   A avaliação Pedagógica será de acordo com a Ficha de Avaliação (Anexo IV).
7.5   As Bancas avaliadoras da Prova Didática e de Títulos serão compostas por até três membros, sendo a Presidência do membro de maior titulação.
7.6   As Bancas Avaliadoras serão instituídas com pelo menos um avaliador com titulação igual ou superior a do candidato.
7.7   Não poderão compor à Banca examinadora:
7.7.1     Cônjuge ou companheiro de candidato, mesmo que divorciado ou separado judicialmente;
7.7.2     Ascendente ou descendente de candidato até o segundo grau, ou colateral até o quarto grau, seja o parentesco por consanguinidade, afinidade ou adoção;
7.7.3     Sócio de candidato em atividade profissional;
7.7.4     Orientador ou coorientador acadêmico do candidato, em nível igual ou superior de especialização;
7.7.5     Membro que tenha amizade íntima ou inimizade notória com algum dos interessados ou com os respectivos cônjuges, companheiros, parentes e afins até o terceiro grau;
7.7.6     Coautoria na publicação de trabalhos científicos; e/ou
7.7.7     Outras situações de impedimento ou suspeição previstas na legislação vigente.

7.8   Dos resultados da avaliação dos Títulos e da Prova Didática (aula) caberá recurso de acordo com o cronograma de atividades.

8.      DO RESULTADO FINAL
8.1   Os candidatos serão classificados de acordo com os valores decrescentes da somatória das notas finais atribuídas pelas Bancas Examinadoras na Prova de Título e na Prova Didática (Aula).
8.2   Em caso de empate no resultado final serão observados como critérios de desempate:
8.2.1     Mais idoso, nos termos do art. 27, parágrafo único, da Lei 10.741, de 01/10/2003, Estatuto do Idoso, assegurando o direito às pessoas com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos, conforme art. 1 da referida Lei;
8.2.2     Obtiver maior média na prova didática;
8.2.3     Obtiver maior pontuação na prova de títulos;
8.2.4     Obtiver maior tempo de Magistério em Instituição de Ensino Superior;
8.2.5     O de maior idade, com menos de 60 anos;

9.      DA REMUNERAÇÃO


QUADRO DE REMUNER
AÇÃO
Categoria
Remuneração: 20h
Remuneração: 40h
Graduado
R$ 1.190,00
R$ 2.380,00
Especialista
R$ 1.642,20
R$ 3.284,40
Mestre
R$ 2.227,68
R$ 4.455,36
Doutor 
R$ 3.084,48
R$ 6.168,96

10.
 DA VALIDADE DO CONCURSO
10.1  O prazo de validade do Processo Seletivo - PSS será de 01 (um) ano, podendo ser prorrogado por igual período, no interesse e conveniência da Universidade do Estado do Amapá.

11.
 DA CONTRATAÇÃO
11.1Os contratos, objeto deste Processo Seletivo Temporário serão de 40 e 20 horas.  
11.2As contratações resultantes deste Processo Seletivo serão realizadas conforme a necessidade da Universidade, devendo o (a) candidato (a) aprovado (a) apresentar-se na Pró-Reitoria de Administração e Planejamento (PROPLAD), após convocação a ser publicada na página de acompanhamento do concurso.  
11.3A Contratação será efetivada pela Pró-Reitoria de Planejamento e Administração (PROPLAD), mediante a apresentação dos originais e cópias (duas vias) dos seguintes documentos:
a)     Carteira de Identidade;
b)     CPF;
c)     PIS/PASEP;
d)     Título de Eleitor e Comprovante de quitação eleitoral da ultima votação; e) Diplomas;
f)      Comprovante de Residência;
g)     Extrato bancário para confirmação de conta; 
h)     Somente serão aceitas contas no Banco do Brasil, em qualquer Agência localizada no Estado do Amapá;
i)       Numero da Conta Corrente e Agencia de qualquer Banco do Brasil do Estado do
Amapá;
j)       02 fotografias 3x4 iguais e recentes;
k)     Comprovante de quitação com as obrigações militares;
l)       Certidão de casamento ou nascimento;
11.4O candidato que não apresentar a documentação exigida para a contração no prazo determinado será eliminado (a), sendo chamado (a) o(a) próximo(a) da lista de aprovados.
11.5O candidato aprovado neste Processo Seletivo terá que cumprir até 60% de sua carga horária em sala de aula, sendo que as demais 40% ficarão para outras atividades, de acordo com as necessidades do Colegiado de Curso e o interesse desta IES.

12.
DAS DISPOSIÇÕES FINAIS
12.1A inscrição implicará no compromisso tácito, por parte do candidato, de aceitar as condições estabelecidas neste Edital e seus anexos para o PSS, não podendo alegar, sob qualquer pretexto, o desconhecimento destas disposições para qualquer fim em direito admitido.
12.2Além dos instrumentos normativos mencionados no subitem anterior, os candidatos obrigam-se a acatar outras instruções e normas complementares operacionais baixadas pela Comissão sobre o assunto, as quais serão afixadas nos quadros de avisos da UEAP, bem como no endereço http://www.ueap.edu.br/concursos.
12.3Anular-se-á sumariamente, sem prejuízo de eventuais sanções de caráter penal, a inscrição e todos os atos dela decorrentes se comprovada falsidade ou inexatidão da prova documental apresentada pelo (a) candidato (a) e, ainda, se instado(a) a fazê-lo, o(a) mesmo(a) não comprovar a exatidão de suas declarações.
12.4No ato da assinatura do contrato, o (a) candidato (a) habilitado (a) assinará Declaração de Exercício de Função Pública, nos termos do Art. 37, da Constituição Federal e, ao disposto no Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis do Estado do Amapá em seu Art. 135, § 2º.
12.5A contratação implica no compromisso do (a) candidato (a) habilitado (a) de acatar o Estatuto e o Regimento Geral da UEAP e demais normas estabelecidas pela Universidade do Estado do Amapá.  
12.6A classificação no Processo Seletivo não assegura ao (à) candidato(a) direito subjetivo ao ingresso no Serviço Público Estadual, mas apenas a expectativa de ser admitido(a), observada a ordem classificatória, ficando a admissão condicionada à observância das disposições legais pertinentes e, sobretudo, ao predominante interesse da Administração Pública.
12.7O(A) candidato(a) classificado(a) e que compõe o quadro de reserva no presente certame poderá ser chamado(a) para ocupar vaga diferente daquela para a qual prestou o concurso, desde que haja afinidade entre a área prestada no concurso e a área para a qual foi classificado(a), e desde que haja compatibilidade da sua formação acadêmica com aquela exigida na vaga a ser preenchida, respeitando estritamente a ordem de classificação dos(as) candidatos(as) e desde que não tenha havido candidato(a) aprovado(a) e/ou classificado(a) para a vaga a qual está sendo chamado(a).
12.8Os(As) candidatos(as) classificados(as) irão compor o cadastro reserva pelo período de 01 (um) ano, observando-se a validade do Processo Seletivo, conforme item 10.
12.9A jornada de trabalho deverá ser distribuída nos períodos diurno e noturno, conforme a necessidade da Universidade do Estado do Amapá.
12.10    Para conhecimento dos(as) candidatos(as) aprovados(as), seus vencimentos serão pagos, exclusivamente, pelo Banco do Brasil.
12.11    Os casos omissos serão dirimidos pela Comissão Organizadora do Processo
Seletivo Simplificado.

Publique-se. 

Macapá-AP, 22 de agosto de 2013.

Prof. Dr. Fernando da Costa Ribeiro
Reitor em exercício


ANEXO I - QUANTITATIVO DE VAGAS

ENGENHARIA AMBIENTAL - EAM 

1       Código da Vaga: EAM-01 
1.1   Número de Vagas: 01 (uma)  
1.2   Regime de Trabalho: 20 horas 
 Requisitos específicos: Graduação em Engenharia Ambiental, ou Engenharia Civil, ou
Engenharia Sanitária, ou Engenharia Química, ou Ciências ambientais com PósGraduação (doutorado, mestrado ou especialização) em áreas afins. 
1.3   Áreas de Conhecimento:  
a)     Gestão e Tecnologia de tratamento de Efluentes gasosos 
b)     Gestão Ambiental 
c)     Dispersão de poluentes 
1.4   Temas da Prova Didática:  
a)     Padrões de qualidade do ar 
b)     Concepção e planejamento dos sistemas de drenagem urbana 
c)     Geotécnia e meio ambiente 
1.5   Bibliografia Sugerida 
ROCHA, J.C.; ROSA, A.H.; CARDOSO, A.A. Introdução à química ambiental. Porto Alegre: Bookman, 2005. 
BAIRD, C. Química ambiental. Porto Alegre: Bookman, 2002. 
De Melo Lisboa, H. Poluição Atmosférica. 2006. Edição Eletrônica. Disponível na Internet. (www.ens.ufsc.br)  
2       Código da Vaga: EAM-02 
2.1   Número de Vagas: 01 (uma)  
2.2   Regime de Trabalho: 20 horas 
Requisitos específicos: Graduação em Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia Sanitária, Engenharia Agronômica, Geologia, Oceanografia, com PósGraduação (doutorado, mestrado ou especialização) em áreas afins. 
2.3   Áreas de Conhecimento:  
a)     Adequação Ambiental em Áreas Urbanas 
b)     Geotecnia Ambiental 
c)     Drenagem Urbana 
2.4   Temas da Prova Didática:  
a)     Gestão dos Recursos Hídricos 
b)     Geotecnia e meio ambiente 
c)     Concepção e planejamento dos sistemas de drenagem urbana 
2.5   Bibliografia Sugerida 
TUCCI, C.E.M.; PORTO, R.L.L.; BARROS, M.T. Drenagem urbana. São Paulo: ABRH e EDUSP, 1993. Coleção 
Recursos Hídricos, v.5. OLIVEIRA, A.M.S.; BRITO, S.N.A. Geologia de engenharia. São Paulo: ABGE, 1998. 

ENGENHARIA FLORESTAL – EFL 
3       Código da Vaga: EPR-01 
3.1   Número de Vagas: 01 (uma)
3.2   Regime de Trabalho: 20 horas
3.3   Requisitos específicos: Graduado em Engenharia Florestal ou Agronomia com PósGraduação (doutorado, mestrado ou especialização) na área ou áreas afins.
3.4   Áreas de Conhecimento:  
a)     Fertilidade do Solo
b)     Nutrição Mineral de Árvores
c)     Recuperação de Áreas Degradadas
3.5   Temas da Prova Didática:
a)     Análise química do solo para fins de calagem e adubação;
b)     Avaliação e monitoramento de processos de RAD;   
c)     Elementos essenciais à nutrição vegetal.        
3.6   Bibliografia Sugerida
EPSTEIN, E. Nutrição Mineral de Plantas: princípios e perspectivas. Trad. E. Malavolta, Ed. USP. São Paulo, 1975.
MALAVOLTA, E. Manual de Química Agrícola: nutrição de plantas e fertilidade do solo.
Vol. 1. Editora CERS LTDA. São Paulo, 1976.
MARTINS, S. V. Recuperação de Áreas Degradadas. Viçosa, MG: Aprenda Fácil, 2009.

ENGENHARIA DE PESCA – EPE 

4       Código da Vaga: EPE-01 
4.1   Número de Vagas: 01 (uma) 
4.2   Regime de Trabalho: 20 horas 
4.3   Requisitos específicos: Graduado em Engenharia de Pesca, com PósGraduação (doutorado, mestrado ou especialização). 
4.4   Áreas de Conhecimento:  
a)     Limnologia 
b)     Administração e Legislação pesqueira 
c)     Elaboração e avaliação de projetos  4.5  Temas da Prova Didática:  
a)     Propriedades físicas e químicas dos corpos límnicos 
b)     aspectos conceituais da administração pesqueira 
c)     origem da demanda pela elaboração de projetos: análise da viabilidade social, política, tecnológica, econômica e financeira.  4.6  Bibliografia Sugerida 
ESTEVES, F. A. 1998. Fundamentos de Limnologia. 2ª ed. Interciência, Rio de Janeiro. 
PAIVA, M.P. Administração pesqueira no Brasil. Editora, Interciência, local, 2004.  BUARQUE, C. Avaliação Econômica de Projetos. Campus, Rio de Janeiro, 1984. 

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO – EPR 
5       Código da Vaga: EPR-01 
5.1   Número de Vagas: 01 (uma)
5.2   Regime de Trabalho: 20 horas
5.3   Requisitos específicos: Graduado em: Física, com Pós-Graduação (doutorado, mestrado ou especialização) na área de graduação exigida ou em áreas afins.
5.4   Áreas de Conhecimento:  
a)     Física I
b)     Física Experimental I
c)     Física III
d)     Física Experimental III
5.5   Temas da Prova Didática:
a)     Fundamentos matemáticos da  Mecânica; 
b)     Conceitos de força e movimento; 
c)     Conceitos de eletricidade.
5.6   Bibliografia Sugerida
HALLIDAY, D. Fundamentos de Física. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos Editora S.A, 1994.
TIPLER, P. A., Física. Rio de Janeiro: Editora LTC, 2000.
SERWAY, R. A., Física.  Rio de Janeiro: Editora LTC , 1996.
NUSSENVEIG, H. Física Básica. Editora: Edgard Blucher, 2003.
GOLDEMBERG, J. Física Geral e Experimental. São Paulo: Ed. Nacional, 2000.
ZEMANSK, S. Física. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos S.A.,1988

ENGENHARIA QUIMICA – EQU 

6       Código da Vaga: EQU-01 
6.1   Número de Vagas: 01 (uma)  
6.2   Regime de Trabalho: 20 horas 
6.3   Requisitos específicos: Graduado Física com Pós-Gr aduação (doutorado, mestrado ou especialização) na área ou áreas afins. 
6.4   Áreas de Conhecimento:  
a)     Física II 
b)     Física II 
c)     Física IV 
6.5   Temas da Prova Didática: 
a)     Movimento Harmônico Simples 
b)     Biofísica da Visão 
c)     Regimes de escoamento. Equação de Bernoulli 
6.6   Bibliografia Sugerida 
Halliday, D. Resnik, R. WALKER, J. Fundamentos de Física. LTC vol 2. 7ª Ed. 2006. 
Halliday, D. Resnik, R. WALKER, J. Fundamentos de Física. LTC vol 4. 7ª Ed. 2006. 
NUSSENZVEIG, H. Moysés. Curso de Física Básica 2 – Edgard Blücher Ltda. 1ª Ed. 1997. 

7       Código da Vaga: EQU-02 
7.1   Número de Vagas: 01 (uma)  
7.2   Regime de Trabalho: 20 horas 
 Requisitos específicos: Graduado em Engenharia Química e ou Economia, com PósGraduação (doutorado, mestrado ou especialização) em áreas afins. 
7.3   Áreas de Conhecimento:  
a)     Legislação Aplicada 
b)     Projetos em Engenharia Química  7.4  Temas da Prova Didática: 
a)     Contabilidade de Custos; 
b)     Estimativa de Investimento de Capital; 
c)     Contrato de Emprego: Elementos  essenciais. Vícios e nulidade 
7.5 Bibliografia Sugerida 
PERRY, R.H. CHILTON. Manual de Engenharia Química. 5 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Dois, 1980.  
PETERS. TIMMERHAUS. Plant design and economics for chemical engineers. 4 ed.
New York: McGraw-Hill, 1991.   
FUHER, MAXIMILIANUS CLÁUDIO AMÉRICO. Resumo de Direito Comercial. Coleção Resumos. 23 ed.  Malheiros Editores, 1999.  

8       Código da Vaga: EQU-03 
8.1   Número de Vagas: 01 ( uma)
8.2   Regime de Trabalho: 20 horas
 Requisitos específicos: Graduado em Engenharia Química, Engenharia de Alimentos ou Química Industrial com Pós-Graduação (doutorado, mestrado ou especialização) na área ou áreas afins.
8.3   Áreas de Conhecimento:  
a)     Processos Industriais Inorgânicos;
b)     Operações Unitárias II
8.4   Temas da Prova Didática:
a)     Processos de beneficiamento, branqueamento e secagem na Indústria do caulim;
b)     Processos de Extração, 
c)     Equipamentos para tratamento das emissões atmosféricas.
8.5   Bibliografia Sugerida
-SHREVE, R. N.; BRINK, J. A. Indústrias de Processos Químicos. 4a.edição .Editora Guanabara, 1997.
- FOUST et al., Princípios das Operações Unitárias, 2a edição, Guanabara Dois, 1980. GEANKOPLIS, C., Transport Processes and Unit Operations, Third Edition, Prentice Hall, 1993.
-BAIRD, C. Química ambiental. Porto Alegre: Bookman, 2002.


9       Código da Vaga: EQU-04
9.1   Número de Vagas: 01 (uma)
9.2   Regime de Trabalho: 20 horas
 Requisitos específicos: Graduado em Física com Pós-Graduação (doutorado, mestrado ou especialização) na área ou áreas afins.
9.3   Áreas de Conhecimento:  
a)     Física 
b)     Física Experimental I 
c)     Física III 
9.4   Temas da Prova Didática:
a)     Movimento Harmônico Simples;
b)     Movimento num plano;
c)     Colisões
9.5   Bibliografia Sugerida
Halliday, D. Resnik, R. WALKER, J. Fundamentos de Física. LTC vol 2. 7ª Ed. 2006.
Halliday, D. Resnik, R. WALKER, J. Fundamentos de Física. LTC vol 4. 7ª Ed. 2006.
NUSSENZVEIG, H. Moysés. Curso de Física Básica 2 –   Edgard Blücher Ltda. 1ª Ed. 1997.

10    Código da Vaga: EQU-05
10.1Número de Vagas: 01 ( uma)
10.2Regime de Trabalho: 20 horas
 Requisitos específicos:  Graduado Física com Pós-Graduação (doutorado, mestrado ou especialização) na área ou áreas afins.
10.3Áreas de Conhecimento:  
a)     Mecânica Técnica
b)     Física Experimental III
c)     Física Aplicada
10.4Temas da Prova Didática:
a)     Momento de uma força;
b)     Centro de gravidade;
c)     Vigas.
10.5Bibliografia Sugerida
Halliday, D. Resnik, R. WALKER, J. Fundamentos de Física. LTC vol 2. 7ª Ed. 2006.
Halliday, D. Resnik, R. WALKER, J. Fundamentos de Física. LTC vol 4. 7ª Ed. 2006.
NUSSENZVEIG, H. Moysés. Curso de Física Básica 2 –   Edgard Blücher Ltda. 1ª Ed. 1997.

LICENCIATURA EM FILOSOFIA – LFL 

11    Código da Vaga: LFL-01 
11.1Número de Vagas: 01 (uma)
11.2Regime de Trabalho: 40 horas
11.3Requisitos específicos: Graduação em filosofia com Pós-Graduação (doutorado, mestrado ou especialização) em filosofia ou em áreas afins.
11.4Áreas de Conhecimento:  
a)     Teoria do conhecimento
b)     Filosofia da ciência
c)     Historia da filosofia
11.5Temas da Prova Didática:
a)     A estrutura das revoluções científicas de Kuhn
b)     O conhecimento em Kant
c)     A relação entre Kosmo e Logos na filosofia grega
       Bibliografia Sugerida
BEZERRA FILHO, Cabral. Epistemologia e teoria da ciência. Petrópolis: Vozes, 1971.
CAYGILL, Howard. Dicionário Kant. Rio de Janeiro: Zahar, 2000.
HESSEN, Joahannes. Teoria do conhecimento. São Paulo: Martins Fontes, 2000.
JAPIASSU, Hilton. Introdução ao pensamento epistemológico. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1977.
KANT, Immanuel. Crítica da razão pura. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1997.
POLO, Leonardo. A Crítica Kantiana do Conhecimento. São Paulo: Editora escala, 2007.
KUHN, T. A estrutura das Revoluções científicas. São Paulo: Perspectiva, 1997.
MORAIS, João F. R. de. Filosofia da Ciência e da tecnologia: introdução metodológica e crítica. Campinas/SP: Papirus, 1997.
REALE, Giovanni; ANTISERI, Dario. História da Filosofia: Vol I Filosofia Pagã Antiga. Tradução de Ivo Storniolo. São Paulo. Paulus. 2007
JAIME, Jorge. História da filosofia no Brasil. Petrópolis: Vozes – Faculdades Salesianas, 1997.
MACHADO, Geraldo Pinheiro. A filosofia no Brasil. São Paulo: Cortez & Moraes, 1976. MARCONDES, Danilo. História da filosofia – dos pré-socráticos a Wittgenstein. Rio de Janeiro: JZE, 1997.
PAIM, Antonio. História das idéias filosóficas no Brasil. Londrina: UEL, 1997.
PIAZZA, W. Introdução à fenomenologia religiosa. Petrópolis, Vozes, 1987, 2a. ed. revisada.
REALE, Giovanni e ANTISERI, Dario. História da filosofia. Vol III. São Paulo: Paulus, 1991.
REALE, Miguel. Momentos decisivos e olvidados do pensamento brasileiro. Porto Alegre:
UFRGS, s/d.
RORTY, R. & VATTIMO, G. O futuro da religião. Solidariedade, caridade e ironia.
STACCONE, G. Filosofia da religião. O pensamento do homem ocidental e o problema de
Deus. Petrópolis, Vozes, 1989
VITA, Luís Washington. Panorama da filosofia no Brasil. Porto Alegre: Globo, 1969.

LICENCIATURA EM LETRAS – LLE 

12    Código da Vaga: LLE-01 
12.1Número de Vagas: 01 (uma)
12.2Regime de Trabalho: 20 horas
12.3Requisitos específicos: Graduação em Letras com habilitação em Espanhol com Pós-Graduação (doutorado, mestrado ou especialização) interdisciplinar em Letras ou Educação.
12.4Áreas de Conhecimento:  
a)     Língua espanhola II;
b)     Literatura Espanhola II;
c)     Trabalho de Conclusão de Curso.
12.5Temas da Prova Didática:
a)     Compreensão e Produção de Texto em língua estrangeira: como desenvolver e avaliar as proficiências leitora e escritora de alunos na aula de Língua e Literatura
Espanhola;
b)     Gêneros textuais a serviço do ensino e aprendizagem de Língua e Literatura de expressão espanhola – metodologia e avaliação;
c)     Estudo das manifestações literárias e dos autores espanhóis representativos dos movimentos estéticos do Romantismo Contemporâneo.
12.6Bibliografia Sugerida
MORENO, Concha; FERNÁNDEZ, Gretel M. Eres. Gramática contrastiva del español para brasileños. Madrid:SGEL,2007. 
GÓMEZ TORREGO, Leonardo. Gramática didática del español. São Paulo: Edições SM, 2005.
PINO, Ana María González; HERMIDA, Mar Freire. Curso de Literatura: español lengua extranjera. Madrid: Edelsa, 2009.
PEDRAZA JIMENEZ, Felipe B.; RODRIGUEZ CÁCERES, Milagros. Las épocas de la Literatura Española. Barcelona: Ariel, 2007. 

TECNOLOGIA EM DESIGN – TDG 

13    Código da Vaga: TDG-01 
13.1Número de Vagas: 01 (uma)
13.2Regime de Trabalho: 20 horas
13.3Requisitos específicos: Graduação: Bacharelado e/ou Tecnólogo em Design de Produtos; Bacharel e/ou Licenciado em Arquitetura e Urbanismo; Engenheiro Civil; Engenheiro de Computação (com graduação, especialização, mestrado ou doutorado) na área de graduação exigida, ou em áreas afins.
13.4Áreas de Conhecimento:  
a)     Computação Gráfica II – Auto CAD; 
b)     Legislação e normas.
13.5Temas da Prova Didática:
a)     Tecnologia CAD com conceito de projeto;
b)     Aplicação de ferramentas para representação tridimensional do produto;
c)     Conceituação de Direito e Norma no Design;
13.6Bibliografia Sugerida
AYMONE, J. L. F.; TEIXEIRA, F. G. AutoCAD 3D Modelamento e Rendering. São Paulo: Artliber Editora, 2002.
AZEVEDO, E.; CONCI, A. – Computação Gráfica – Teoria e prática Vol I. Rio de Janeiro:
Ed. Campus, 2003.
CUNHA, F.C. – A Proteção Legal do Design: Propriedade Industrial. Rio de Janeiro: Ed.
Lucena.
LIMA, J. A. A. – Curso de propriedade intelectual para designers. Teresópolis Ed. Nova Idéias.

BAIXAR EDITAL COMPLETO

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

REVENDA FOLHEADOS